Coronavírus em Nova York

Coronavirus in New York

Esta página contém informações atualizadas sobre o coronavírus, também conhecido como COVID-19, em Nova York. No momento, há uma proibição de viagens para Nova York a partir dos países da União Europeia (efetiva desde 13 de março de 2020). Esta proibição inicialmente iria até o dia 12 de abril, porém foi estendida, sem previsão de término. Apesar de a proibição não afetar diretamente os países da América Latina, é preciso levar em conta que outros países estão aplicando diferentes restrições para voos procedentes dos Estados Unidos. Portanto, não deixe de checar as medidas específicas que podem ter sido aplicadas pelo (e ao) Brasil antes de viajar.

Cancelar a viagem para Nova York por causa do coronavírus

Se você tem viagem planejada e está com receio de ter que cancelar sua ida para Nova York por causa do coronavírus, eu recomendo tomar algumas medidas preventivas. Por exemplo, ao comprar os passes de desconto Sightseeing Flex e Sightseeing Day Pass, você pode acrescentar, por um pequeno valor adicional, o seguro que cobre cancelamentos. Assim, você pode cancelar o seu passe sem custos adicionais. Para informações atualizadas dos voos chegando em e saindo de Nova York, é melhor entrar em contato com sua companhia aérea escolhida.

Situação atual em Nova York (última atualização em:  maio 24, 2020)

A cidade de Nova York declarou “state of emergency” (estado de emergência) para lidar com a situação atual. Como consequência, diversos eventos que aconteceriam em locais amplos, como Madison Square Garden e Radio City Music Hall, foram cancelados nos próximos meses. Todos os musicais da Broadway foram suspensos e eventos, como desfiles e jogos esportivos, também serão suspensos ou cancelados. Locais menores, como cinemas e boates precisaram fechar as portas desde 17 de março. Bares, restaurantes e cafés passaram a servir apenas comida para levar e trabalhar com delivery. Todos os serviços não essenciais foram fechados e toda reunião de pessoas, de qualquer porte, está temporariamente banida. A recomendação é que as pessoas mantenham distância de 1,8 metro (6-foot) umas das outras em espaços públicos, além de usar máscaras ao saírem. A cidade de Nova York poderá começar a reabrir, aos poucos, somente quando atingir os critérios para reabertura estabelecidos pelo Estado de Nova York.

  • Principais atrações:
    • Central Park aberto
    • Grand Central Station aberta
    • The Vessel fechado
    • High Line Park fechado
    • Estátua da Liberdade fechada
    • Empire State Building fechado
    • Edge Observation Deck fechado
    • Memorial 11 de Setembro fechado
    • Top of the Rock fechado
    • One World Observatory fechado
  • Compras
    • Macy’s fechada
    • Woodbury Common fechado
  • Passeios de ônibus turístico
    • Big Bus suspenso
  • Principais museus: fechados
  • Jogos esportivos
    • NBA (New York Knicks, Brooklyn Nets): jogos suspensos
    • MLB (New York Yankees, New York Mets): jogos suspensos
    • NHL (New York Rangers): jogos suspensos
  • Musicais da Broadway e outras performances: suspensos até 7 de setembro de 2020
  • Transporte público: irregular
    • Metrô: fechado entre 1:00 e 5:00 da manhã
  • Bairros e distritos: acessíveis
    • Diversas ruas estão abertas para pedestres (sem carros)

Mais informações sobre coronavírus em Nova York

Caso você já esteja em Nova York e tenha perguntas sobre o coronavírus, ligue para o número 311 a partir de um telefone fixo. Essa é a linha oficial para informações na cidade de Nova York. Está se sentindo doente ou está preocupado com alguns sintomas específicos? Fique em seu hotel e entre em contato com um médico local. Seu hotel pode te ajudar com isso.

Ao continuar usando este site, você está concordando com a Política de Privacidade e uso de cookies. Veja mais informações aqui.

Search tickets
from
until
Search tickets